Menu CICS.NOVA

Projectos

LISBONDS – Práticas, Significados e Contextos de Vizinhança na Grande Lisboa

Investigador Responsável: João Pedro Silva Nunes
Referência: PTDC/SOC-SOC/30305/2017
Equipa: Inês Vieira
Luís Baptista
Patrícia Pereira
Investigadores Não Pertencentes ao CICS.NOVA: Rita Raposo (SOCIUS-ISEG); Anselmo Amílcar (IGOT-UL); Marta Martins (DINÂMIACET-IUL)
Entidade Proponente:

NOVA FCSH: Centro Interdisciplinar de Ciência Sociais da Universidade Nova de Lisboa (CICS.NOVA)

Entidade Financiadora:

FCT (Projetos I&D)

Palavras Chave: Vizinhança; Laços sociais; Trocas sociais; Contexto Urbano,
Objectivos:

Este projeto analisa as práticas, os significados e os contextos de vizinhança como dimensões-chave para conhecer as formas pelas quais os indivíduos e as famílias se relacionam com o espaço social local e enfrentam os fatores que estruturam a condição urbana. Constituir a vizinhança como objeto sociológico é uma maneira de entender como indivíduos e grupos lidam com o esvaziamento da vizinhança tradicional, relacionando-o com a mobilidade generalizada, residencial e casa-trabalho, as segmentações dos mercados de trabalho e habitação, o emprego feminino e a dispersão espacial da família e dos amigos. Investigar a vizinhança é conhecer como os residentes usam os seus bairros prática e simbolicamente, porque se envolvem ou não em relacionamentos nos bairros e que significados lhes atribuem, num contexto em que populações e espaços urbanos se diferenciam e segmentam crescentemente. As práticas, significados e contextos de vizinhança revelam tensões que permeiam o espaço social local. Ocorrendo em torno do domínio privado dos indivíduos e das famílias, as práticas de vizinhança exigem que os indivíduos gerenciem a tensão entre proximidade física e distância social.

Data de Início: 2018
Data de Fim: 2021