Menu CICS.NOVA

Investigadores Colaboradores

Antónia do Carmo Barriga

Grupo de Investigação:

2: Cidadania, Trabalho e Tecnologia


Equipa de Investigação:

Tecnologia, Comunicação e Risco


Perfil Online:


E-mail:

acab@ubi.pt




Antónia do Carmo Barriga é doutora em Sociologia pelo ISCTE-IUL. Atualmente é Professora Auxiliar convidada na Universidade da Beira Interior. É investigadora (membro integrado) do CIES-IUL e colaboradora do CICS.NOVA. Tem pesquisado e publicado na área da sociologia da comunicação (temas que cruzam a política e os (novos) media).


Interesses de Investigação:

Media; redes sociais; tecnologia; política; jornalismo.


Principais Projectos:

  • 2013 – 2015: Public and Private in Mobile Communications. Labcom. Financiado pela União Europeia através da Comissão Diretiva do Programa Operacional Regional do Centro (Mais Centro). CENTRO-07-ST24-FEDER-002017;
  • 2011 – 2012: Ubigual – Plano de Igualdade da UBI (UBI_CES). Financiado pelo POPH.

Principais Publicações:

  • Barriga, A. C. (2017). Sobre a ausência de pluralismo nos media: como observar a invisibilidade do debate político nos novos media? In A. Moreira, E. Araújo & H. Sousa (Edss), Comunicação e Política: tempos, contextos e desafios (21-43). Braga: CECS  ISBN: 978-989-8600-63-9;
  • Barriga, A. C. (2015). O debate político nas contra-esferas públicas: como se discute em 140 carateres. Media & Jornalismo, Número Especial - dezembro 2015 - V Seminário CIMJ “ Media, Cidadania e Democracia na Era Digital, 111-126. ISSSN: 1645- 5681;
  • Barriga, A. C. (2014). El lugar del columnismo político en el periodismo actual. Comunicación y Sociedad, 22, 79-102;
  • Simões, M.J, Barriga, A. C., Jerónimo, N. (2011). Brave New World? Political participation and new media”, SOTICS 2011: The First International Conference on Social Eco-Informatics, pp. 55-60, Copyright (c) IARIA. ISBN: 978-1-61208-163-2;
  • Barriga, A.C. (2010). Opinião, argumentação e persuasão no quadro de uma racionalidade sociológica - o “poder do discurso”. Comunicação e Sociedade, 16, 27-42.