Projetos de investigação

Curriculum Monitor

Investigador Responsável: David Justino
Sílvia Almeida
Investigadores Não Pertencentes ao CICS.NOVA: Adriano Nogueira Silvano; Madalena Parrança da Silva; Natália Melo Barcelos
Objectivos:

Objetivos  gerais:

1. Desenvolver modelos de análise e avaliação curricular;

2. Produzir conhecimento científico sobre organização, desenvolvimento e políticas curriculares.  

 

Grupos de trabalho:

Grupo 1: Formação e Conhecimento Profissional

Analisar a forma como os vários tipos de conhecimentos são selecionados, organizados e avaliados na formação de profissionais nas mais variadas áreas. A formação inicial de professores será o ponto de partida. A formação de um profissional carateriza-se por um percurso curricular que configura o perfil do profissional e garante o seu desenvolvimento baseado num dado conhecimento específico. O que implica a priori a clarificação do perfil de desempenho esperado, traduzido nas competências que são requeridas para exercer a função distintiva da profissão em causa.

Grupo 2: Desenvolvimento curricular

Abordar o processo de operacionalização do currículo a partir dos normativos legais nos vários níveis de ensino, considerando os contextos da gestão do currículo e a sua implementação. A adaptação do Currículo Nacional pelas escolas, ao nível do Ensino Básico e Secundário será o ponto de partida. A introdução de um Currículo Nacional baseado no desenvolvimento de competências e na obrigatoriedade de construir projetos curriculares impôs às escolas o desafio de uma gestão curricular contextualizada, muitas vezes em conflito com a cultura escolar marcada pela matriz taylorista da homogeneidade dos públicos.

Grupo 3: Conhecimento e Currículo

Problematizar a legitimidade dos conhecimentos nos currículos dos vários níveis de ensino, vinculando o campo do currículo ao campo do conhecimento. A questão central que serviu de referência à formulação das várias teorias curriculares consistiu em saber “quais os conhecimentos considerados mais válidos”. As respostas têm sido diferentes ao longo dos tempos, envolvendo reflexões sobre a natureza da aprendizagem, do conhecimento ou da sociedade mas a questão permanece atual nas teorias curriculares.

Grupo 4: Currículo e Políticas Educativas

Produzir conhecimento sobre a influência das políticas internacionais e nacionais na conceção e organização dos currículos dos vários níveis de ensino. A regulação das políticas educativas e curriculares configura-se a nível nacional, particularmente, devido a mudanças profundas de orientação política, a resultados insuficientes de determinadas orientações curriculares, bem como a nível transnacional, a partir de processos de contaminação de políticas e cujos efeitos produzem a convergência e externalização. 

Parcerias:

- António Domingos, FCT;
- José Manuel Matos, FCT;
- Rui Candeias, FCT;
- Ana Santiago, FCT.

- Maria do Céu Roldão, Universidade Católica (Consultora).

Data de Início: 2015
Data de Fim: 2020